educação fiscal

Iniciadas as ações do Projeto Popular de Educação Fiscal nas escolas

Em agosto iniciaram as ações do Projeto Popular de Educação Fiscal para a Cidadania nas escolas de Belém. A primeira escola a receber a visita foi a Barão de Igarapé Miri, no Guamá.

Enquanto os alunos participam das atividades lúdicas, os professores receberão treinamento sobre os temas de educação fiscal em oficinas.

Os arte-educadores  da organização não governamental Rádio Margarida desenvolveram atividades recreativas, como a peça de teatro A família Cidadã e a apresentação do boneco Nota Fiscal, que brincou com os alunos.

Para a diretora da escola Barão de Igarapé Miri, Rosana Meireles, o projeto  contribui para ampliar os conhecimentos e o direito dos alunos enquanto consumidores e cidadãos.

E as crianças receberam bem o recado. Antônio Castro, de 11 anos, participou da programação e no final resumiu o que aprendeu: “Temos que exigir o cupom fiscal nas compras para o governo fazer obras com o dinheiro recolhido”.

Programação no Guamá

dia 13/08 Escola Barão de Igarapé Miri,  Eua Barão de Mamoré
dia 14/04 Escola Ruth Rosita, Rua Paes de Souza
dia 18/08 Escola Frei Daniel, Rua Liberato de Castro
dias 22/08 e 23/08 Escola Paulo Maranhão, Av. José Bonifácio
dia 06/09 Feira de Talentos na Escola Paulo Maranhão,

Programação no Jurunas

Dia 21/08  Escola Gonçalo Duarte      
Dia 28/08  Escola Padre Benedito Chaves      
Dia 27/09  Escola Mário Chermont    
01 e 02/09  Escola Camilo Salgado    
13/09  Escola Visconde de Souza Franco

Programação na Pedreira

dia 08/09  Escola Donatila Lopes       
dia 09/09  Escola Rodrigues Pinajés   
dia 09 e 10/09  Escola Justo Chermont
dia 11/09  Escola Donatila Lopes
dia 15/09  Escola Maroja Neto
dia 16/09  Escola Rodrigues Pinajés